CRIANÇAS

EDUCAVIVA

SITUAÇÃO: Ativo com participação de voluntários e recursos de equipamentos recebidos por doações. Buscamos parcerias para expandir as ações e criação de conteúdo e documentação de metodologias.
ATENDIMENTO:
 foco em crianças e pré-adolescentes
PÚBLICO ATENDIDO: 20 crianças anualmente
CICLO: Ano todo, em geral ciclo de 6 a 8 meses por aluno
PERIODICIDADE: variável, presencial aos finais de semana.
CUSTO DO PROJETO: R$ 215 mil anuais, contemplando expansão, reformas, equipamentos e atendimento de 72 crianças por ano, com monitoria parte remunerada. Financiamento parcial com recurosos da Associação recebidos por doações. 

Projeto de reforço educacional voltado especialmente para crianças com defasagem de aprendizado. 
Iniciado em 2019 como piloto com 4 crianças com reforço de português (alfabetização de pré-adolescentes) e reforço de conceitos matemáticos. Atendimento em pequenos grupos para avaliar a necessidade individual e traçar apoio personalizado para a necessidade da criança.
Após avaliação psicopedagóca da criança dentro do contexto familiar e estudantil,  traçamos em conjunto com os professores, criança e familiares uma jornada de aprendizado.
Para 2020 havia sido planejada a expansão do atendimento estruturando a metodologia de ensino e novos voluntários. Com o isolamento social pela Covid-19, adaptamos o projeto e contamos com doações de tablets e notebooks que permitiram o início de um novo formato de projeto, que já vem mostrando bons resultados e será expandido em 2021.

DIA DO CINEMA

SITUAÇÃO: Ativo com participação integral de voluntários.
ATENDIMENTO:
 Crianças e pré-adolescentes
PÚBLICO ATENDIDO:  30 crianças mensalmente
CICLO: Atividades mensais de abril a novembro
PERIODICIDADE: Sábado a tarde, presencial
CUSTO DO PROJETO: R$ 3 mil anuais, incluindo manutenção de equipamentos, compra de lanches e trabalho aos finais de semana realizado por voluntários. Financiamento integral com recursos da Associação recebidos por doações.

Dentro do resgate da cultura e acesso ao lazer, essa foi uma das atividades pioneiras do PiPA: projetávamos com autorização dos moradores um “cinema ao ar livre” nas noites estreladas ao pé da Serra da Cantareira (serra ao norte, limítrofe do perímetro urbano da cidade de São Paulo).
O campo de terra, que era a única opção de “lazer” das crianças e que utilizávamos para o cineminha foi urbanizado com apoio privado e atualmente é um campo de futebol estruturado. Porém, hoje temos o espaço em nossa CASA PiPA e projetamos filmes em nosso ambiente. 
Após a sessão do filme com pipoca e suco, conversamos e provocamos a reflexão sobre as mensagens que o filme apresenta.
Os voluntários desse projeto auxiliam na organização e planejamento de toda atividade.

DIA DO BRINCAR

SITUAÇÃO: Ativo com participação integral de voluntários.
ATENDIMENTO:
Crianças
PÚBLICO ATENDIDO:  35 crianças mensalmente
CICLO: Atividades mensais de abril a novembro
PERIODICIDADE: Sábado a tarde, presencial
CUSTO DO PROJETO: R$ 5 mil anualmente, incluindo reposição de brinquedos e lanches para servir as crianças. Financiamento integral com recursos da Associação recebidos por doações.

O primeiro contato do PiPA com a comunidade do Peri e suas ocupações tentou ouvir primeiramente a necessidade dos moradores, pesquisar quais equipamentos eram necessários para a dignidade humana. Foi quase unânime que havia carência de instrumentos voltados para as crianças.
Instituímos então as diretrizes para o Dia do Brincar: um resgate do brincar com as raízes tradicionais; um ambiente em que as crianças podem expressar sua alegria, energia, criatividade e desenvolver interações sociais saudáveis, sem a violência que permeava em muito as brincadeiras que percebíamos antes da monitoria, orientação e atenção que damos a todas elas. Um espaço lúdico para a criança ser criança, o que infelizmente é muito raro dentro das periferias em todo Brasil.

OFICINA DE VALORES E ÉTICA

SITUAÇÃO: Ativo parcialmente. Com valores arrecadados na campanha recorrente pretendemos expandir ação para outros dias da semana.
ATENDIMENTO:
 Crianças e pré adolescentes
PÚBLICO ATENDIDO:  10 crianças a cada atividade
CICLO: 2 vezes por semana entre março e novembro
HORÁRIO: Terças e Quintas, presencial
CUSTO DO PROJETO: R$ 5 mil mensais para funcionamento pleno. Financiamento parcial com recursos da Associação recebidos por doações.

Oficina de leitura e desenvolvimento de atividades que permitem às crianças refletirem e desenvolverem os valores de Amizade, Respeito, Igualdade, Direitos Humanos, Cidadania e Desenvolvimento Sustentável. O espaço em que são realizadas as oficinas conta com biblioteca ao ar livre com área verde, silenciosa e aconchegante mobiliado com sofás e almofadas. O destaque para esse espaço é nossa geladoteca, uma geladeira antiga que foi reaproveitada para armazenarmos nossos livros ao abrigo de umidade.

HORTA E CUIDADOS COM A TERRA

SITUAÇÃO: Aguardando refinanciamento para manutenção das atividades
ATENDIMENTO:
 Crianças e pré adolescentes
PÚBLICO ATENDIDO:  10 crianças a cada atividade
CICLO:  3 a 4 meses encontros semanais.
HORÁRIO: Sextas feiras pela manhã, presencial
CUSTO DO PROJETO: R$ 5 mil mensais para funcionamento pleno.

Oficinas com atividades relacionadas ao tema ambiental, incluindo o manejo da horta comunitária. Semear, cuidar, colher e comer do que a horta produziu contribui para a vivência das crianças com algo muito esquecido nas regiões urbanas.
Projeto iniciado a partir de um micro crédito com o qual  fomos contemplados, escrito em conjunto com uma engenheira ambiental. Aos fundos da CASA PiPa há um espaço não cimentado de aproximadamente 40m2, sendo metade um barranco e metade área plana, e é nessa área em que criamos nossa horta.
Atualmente precisamos refinanciamento para que o projeto mantenha sua atuação.

MARACATU - Encantos da MATA

SITUAÇÃO: Aguardando refinanciamento para retomada das atividades.
ATENDIMENTO: Crianças e pré adolescentes
PÚBLICO ATENDIDO:  30 crianças por ciclo
CICLO: 6 meses
PERIODICIDADE: sem definição.
CUSTO DO PROJETO: R$ 95 mil reais por ciclo.

Ainda como coletivo (conjunto de pessoas físicas sem uma instituição formal constituída) tivemos a aprovação em editais de fomento à cultura – VAI,  promovidos entre 2014 a 2018 pela Secretaria Municipal de Cultura, e assim organizamos e estruturamos o programa de Maracatu – Encantos da Mata  (nome escolhido pelas crianças participantes).  Muitos de nossos atendidos têm ascendência do nordeste brasileiro e sendo a primeira ou segunda geração nascida em São Paulo, acabaram  perdendo o contato com a cultura brasileira típica das regiões Norte e Nordeste do Brasil. 
Com proposta de resgate da cultura popular, discutimos a percepção do nascimento da cultura afro-brasileira e suas ramificações em diversas manifestações na cultura popular. Apresentamos o jongo, coco de roda, ciranda, samba, maracatu e demais improvisos percussivos do livre brincar.